Bispo de Roraima convoca coletiva para falar os resultados alcançados pelo  projeto

O bispo de Roraima, Dom Mário Antônio, acompanhado por membros de instituições de inspiração católica, apresentam amanhã, quarta-feira, dia 02, às 8h45, os resultados das ações durante esses 12 meses junto aos migrantes, por meio do programa nacional Caminhos de Solidariedade Brasil & Venezuela, que também será concluindo amanhã.

A coletiva de imprensa será realizada no prédio da Cáritas Diocesana, localizada na Av. Nossa Sra. da Consolata, 1.529 – Centro (ao lado da igreja Catedral Cristo Redentor).

Pedimos por gentileza se possível a confirmação de presença pelo 991181697

HISTÓRICO: Em outubro de 2018 deu-se início ao Caminhos de Solidariedade, Programa de resposta da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) ao  atual contexto migratório venezuelano. O recurso para execução do Programa se deu por meio do Fundo Nacional de Solidariedade (FNS) que destinou 40% da arrecadação da Campanha da Fraternidade para a efetivação de ações voltadas à migração. Durante o seu percurso, o Programa cumpriu o objetivo em três eixos de atuação, que foram:

  1. a)Missão Brasil-Venezuela:falar sobre a experiência de imersão autêntica e profunda, que possibilitou o intercâmbio solidário e parcerias para novas atividades e ações futuras entre igrejas.
  2. b)Integração:acolhida e ações de integração para atendimento digno aos homens, mulheres, crianças, jovens, idosos e grupos étnicos vindos da Venezuela. Várias Dioceses do País acolheram famílias migrantes.
  3. c)Meios de vida:  diferente do eixo integração, o eixo Meios de Vida buscou ao longo desse período responder da melhor forma possível, os desafios referentes à geração de renda e trabalho para os migrantes que desejavam continuar em Roraima, ou seja, mais próximo possível da terra natal.

COMPOSIÇÃO: O Programa Nacional Caminhos de Solidariedade é composto por diversas organizações da Igreja que trabalham no acolhimento direto e indireto de migrantes e refugiados no Brasil, sendo parte do Comitê Gestor: Cáritas Brasileira; Cáritas Diocesana de Roraima; Instituto Migrações e Direitos Humanos; Serviço Jesuíta para Migrante e Refugiados e Serviço Pastoral dos Migrantes, apoio da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e Campanha da Fraternidade.

COMPOSIÇÃO: O Programa Nacional Caminhos de Solidariedade é composto por diversas organizações da Igreja que trabalham no acolhimento direto e indireto de migrantes e refugiados no Brasil, sendo parte do Comitê Gestor: Cáritas Brasileira; Cáritas Diocesana de Roraima; Instituto Migrações e Direitos Humanos; Serviço Jesuíta para Migrante e Refugiados e Serviço Pastoral dos Migrantes, apoio da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e Campanha da Fraternidade.