Proporcionar um espaço de intercâmbio, integração e de formação, além de realizar monitoramento, avaliação, sistematização das ações na Amazônia, são esses os principais objetivos do Encontro Inter Regional Norte da Cáritas Brasileira, que esse ano traz como tema “Cáritas: Construindo a sociedade do Bem Viver” e o lema “Na busca de novos caminhos: Como vocês querem que os outros lhes façam, façam também vocês a eles – (Lc 6,31)”. O evento acontece de 15 a 18 de agosto deste ano, pela primeira vez na cidade Boa Vista, estado de Roraima, fronteira com a Venezuela.

Segundo Márcia Maria Miranda, articuladora do Regional Norte I, que comporta os estado do Amazonas e Roraima, a expectativa é que 40 pessoas participem do evento, com representações das Cáritas do Norte II (Pará e Amapá), Norte III (Tocantins), Noroeste (Rondônia e Acre) e as delegações do Norte I (Prelazias de Tefé e Itacoatiara, Dioceses de Roraima, Coari, Parintins e Alto Solimões e Arquidiocese de Manaus).

Marcia destacou que todos os desafios de ser realizar o Inter Regional da Cáritas no extremo Norte do Brasil, por conta de questões geográficas, estão sendo superados e a satisfação de trazer para Roraima representantes dos estados do Norte, para que conheçam de perto os trabalhos que a Cáritas Diocesana de Roraima tem feito junto aos imigrantes, diante da crise humanitária, política e socioeconômica na Venezuela.

“Somos gratos a toda equipe da Cáritas Diocesana de Roraima que não está medindo esforços para nos ajudar a organizar o Inter. São pessoas que estão a serviço dos trabalhos humanitários com os imigrantes e mesmo assim assumiram a responsabilidade e o compromisso de articular esse grande evento, mesmo com todas as nossas limitações, com a estrutura geográfica e financeira, por conta da distância, mas que tudo foi superado para realizarmos esse belo encontro”, destacou a articuladora.

 

Documentos para a formação dos agentes Cáritas

Para este ano, o encontro do Inter Regional Norte tem duas novidades para a formação dos agentes Cáritas, o estudo das Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil 2019 – 2023 e o estudo do Texto Base para a Assembleia da Cáritas Brasileira, que ocorrerá de 19 a 23 de novembro, na cidade de Teresina, no estado do Piauí. Outro importante subsídio para a formação dos agentes é o Instrumentum Laboris, que inclui a redação do Documento Preparatório para o Sínodo, resultado de uma ampla escuta entre as comunidades amazônicas.

Ainda durante a programação do evento, os participantes também irão até o município de Pacaraima, fronteira com a Venezuela, para conhecer de perto o trabalho humanitário realizado pela Diocese de Roraima, junto com a Cáritas, além das atividades que a Operação Acolhida, do Governo Federal, tem realizado junto aos imigrantes venezuelanos.

Por: Evilene Paixão, comunicação da Cáritas do Regional Norte I