O Plano Nacional Caminhos de Solidariedade: Brasil & Venezuela tem como objetivo geral contribuir para que a acolhida e as ações de integração sejam fortalecidas para atendimento digno aos migrantes, em Roraima e nos demais estados do Brasil.

Todos nós fomos chamados a responder ao apelo do Papa Francisco abraçando a “cultura do encontro” e fazendo uma proposta positiva diante da realidade na vida de imigrantes e refugiados. Nós assumimos de forma ainda mais comprometida a sua identidade como uma família mundial, que encoraja as pessoas a refletir, aproximando imigrantes, refugiados e comunidades com o objetivo de mudar corações e mentalidades.

Para que isso ocorra temos em vista os seguintes objetivos estratégicos:

  1. Igrejas no Brasil e na Venezuela na implementação de ações conjuntas de solidariedade para migração segura das pessoas venezuelanas.
  2. Migrantes venezuelanos em situações de emergência e de vulnerabilidade integrados na sociedade brasileira, respeitando a identidade cultural e o acesso aos direitos.
  3. Atendimento integral sobre demandas de geração de renda dos imigrantes venezuelanos e grupos indígenas venezuelanos em Roraima.

Tendo em vista tais objetivos, pretendemos alcançar os seguintes resultados:

  1. Organizações da Igreja do Brasil com acesso ao conhecimento da realidade socioeclesial da Venezuela e respondendo conjuntamente às demandas emergenciais da emigração venezuelana.
  2. Venezuelanos informados sobre os processos migratórios no Brasil.
  3. Implementação das ações de integração com pelo menos 50% das Dioceses e Organizações da Igreja incidindo no Plano de Interiorização do Governo Federal.
  4. Espaços de diálogo, de trocas de informações e de incidência entre as Organizações da Sociedade Civil e Igrejas, viabilizando iniciativas efetivas de atendimento.
  5. Ações de sustentabilidade e geração de renda, garantindo os direitos socioculturais (territorial, segurança alimentar e nutricional) dos migrantes venezuelanos indígenas e não indígenas.